CONHEÇA NOSSA ROTINA DE EXAMES ESPECIALIZADOS PARA REPRODUÇÃO HUMANA E ANDROLOGIA

ESPERMOGRAMA
Este exame segue a padronização internacional da Organização Mundial da Saúde para Análise do Sêmen. Em adição a esta padronização internacional, nossa rotina inclui diversos procedimentos auxiliares e complementares, com tecnologias desenvolvidas pelo Dr. Fernando Tadeu Andrade-Rocha, especialista e responsável por este exame no laboratório, cujo objetivo é ampliar as informações para facilitar o diagnóstico. Pelo fato de usarmos estas tecnologias complementares, nosso exame não tem similar em toda a área metropolitana do Grande Rio. Nossa rotina de análise seminal abrange avaliar a atividade funcional de todos os órgãos genitais e seus possíveis distúrbios, em pacientes que necessitam do auxílio na reprodução assistida. Este exame é muito usado para a investigação de infertilidade masculina e tem uma vasta aplicação na investigação de outros distúrbios que afetam a atividade funcional dos órgãos genitais, tais como varicocele em adolescentes, hemospermia, prostatites, vesiculite seminal, epididimite aguda e crônica, traumas testiculares, hidrocele, hipertrofia benigna de próstata, microlitíase testicular, hipogonadismo, agenesia de canais deferentes, dilatação cística das vesículas seminais, criptorquidismo, bloqueio parcial e total de maturação do processo de espermatogênese (spermatogenic arrest) e outras indicações clínicas. Detectamos também síndromes raras, tais como a síndrome dos flagelos curtos (tail stump defect) e globozoospermia e avaliamos pacientes com câncer, pré e pós-tratamento. Ainda avaliamos alterações seminais, que possam estar associadas com aborto recorrente. Nossos exames têm uma grande aplicação clínica, para avaliar praticamente todos os distúrbios que afetam o trato genital masculino.

TESTE DE MIGRAÇÃO ESPERMÁTICA (CAPACITAÇÃO ESPERMÁTICA)
Avalia a possibilidade de um casal se submeter a uma inseminação intrauterina, em relação ao fator masculino. É um teste que pode ser aplicado, por exemplo, se houver algum distúrbio no fator cervical (hostilidade cervical, infecções ou acidez). O teste determina a quantidade de espermatozoides recuperados da amostra original (ejaculado), a motilidade progressiva e a percentagem de espermatozoides morfologicamente normais. O teste com resultados dentro dos padrões de referência, indica a possibilidade de uma inseminação intrauterina, desde que a mulher apresente alterações somente no fator cervical.

TESTE DE FRAGMENTAÇÃO DO DNA
Investiga os danos causados no DNA espermático, pela produção excessiva de radicais livres, que acontece quando distúrbios na espermatogênese provocam a produção de muitos espermatozoides irregulares. Processos infecciosos provocam uma resposta inflamatória forte, com liberação de um número de leucócitos acima do normal (leucocitospermia) e aumento de radicais livres no sêmen. Ambos, atacam o núcleo espermático provocando um rompimento (fragmentação) da molécula de DNA. O excesso de fragmentação do DNA pode reduzir a capacidade funcional dos espermatozoides, causando infertilidade masculina. Também pode contribuir para o aborto, principalmente, abortamento de repetição (recorrente).

EXAME DO EJACULADO SPLIT
Implantado recentemente em nossa rotina, este exame avalia frações do ejaculado colhidas separadamente, para investigar a presença de infecções na próstata e nas vesículas seminais, principalmente, em pacientes acima dos 50 anos. É necessário consultar o laboratório para sua realização. Nesta rotina faz-se a cultura bacteriológica das frações do ejaculado e a dosagem de marcadores glandulares (fósforo para as frações das vesículas seminais e zinco para a fração prostática).

OUTROS EXAMES COMPLEMENTARES
Disponibilizamos também outros exames relacionados, como :
» Cultura bacteriológica do sêmen
» Pesquisa de Chlamydia trachomatis no sêmen
» Dosagens hormonais para reprodução humana efetuadas por metodologia de quimioluminescência, usando aparelho de última geração (FSH, LH, Testosterona total e livre, Estradiol, Progesterona, etc)
» PSA total e livre.